Discografia - Migraine Boy



Album Image
Format: Audio CD
Other Formats: Cassette
Release Date: 09/05/2001
Label: EMI/Virgin Music
Tracks
1. Showtime!
(Morgan/Stevens)
2. On the Rocks
(Morgan/Stevens)
3. Instantaneous Burning
(Morgan/Stevens)
4. Slap
(Morgan/Stevens)
5. The Mission
(Morgan/Stevens)
6. Peace On the Hell
(Morgan)
7. Shadows of Darkness
(Stevens)
8. All Around the Way
(Morgan/Stevens)
9. Own Duty
(Morgan/Stevens)
10. Take Time to Time
(Morgan)
11. Steam
(Morgan/Stevens)
12. Megatronic Gonorrhea
(Stevens)
13. Tequila Boy
(Morgan/Stevens)
14. Migraine Boy
(Morgan/Stevens)

Production & Management

Album Notes

The Gardeners

Cliff Morgan: Vocals, Keyboards, Harmonica
Gregor Stevens: Guitars, Background vocals
Mike Gradas: Bass
Pat Rudford: Drums, Percussion

Additional Musicians
Derek Scheeler: Backwards bits on 'The Mission'
Phill Smith: Drum n'bass on 'Steam'

Produced by Gary Brodan
Recorded and mixed at Savvey Road Studios
Engineered by Jeremy Lamon
Assistant Engineer: Tommy Mayer
Mixed by Kenny Gullicher at Savvey Road Studios
Mastered by Gary Brodan at Savvey Road Studios

Executive Producer:Jeff Hughes
Art Direction: Young Norman
Design by Greg Fiering
Photography by Robert Williams and Neil Cornell

More The Gardeners Albums

Segundo álbum dos The Gardeners, MIGRAINE BOY - referência ao personagem de mesmo nome da MTV - é a primeira obra pela Virgin Records e aponta para um outro rumo em relação ao antecessor THE GARDENERS GROW UP. As críticas de que o primeiro trabalho tinha uma tendência excessivamente pop levaram Morgan e Stevens (autores de todas as faixas) a colocarem mais peso nas canções aproximando-se bastante de influências que o grupo trouxe do hard-rock de Seattle e do punk-rock britânico além do estreito contato com o Crackdown, uma outra banda de Hertfordshire cujo guitarrista Brian Stanley - amigo de Gregor - acompanhou o grupo na turnê. Porém durante as gravações em estúdio a ausência de um outro guitarrista acabou sobrecarregando Gregor que teve de exercer o papel duplo de guitarra-base/guitarra-solo. Neste instante foi valiosa a contribuição do produtor Gary Brodan, em seu primeiro trabalho com os Gardeners, que a partir dali firmaria uma parceria bem-sucedida com o quarteto de Welwyn Garden City agora residente em Londres. As letras também mostram uma certa evolução em relação ao outro CD visto que além da linha humorística que os Gardeners não abandonam representada principalmente pelas três últimas faixas, Morgan desanda a disparar críticas à sociedade como em 'Peace On the Hell' e na épica 'The Mission'. A desvalorização da condição humana é outro tema que aparece ao longo de MIGRAINE BOY como em 'Shadows of Darkness' e em 'Instantaneous Burning' embora esta última tenha mais o compromisso de sacudir o ouvinte assim como 'Slap' e 'Steam'. Porém são as baladas 'All Around the Way' e 'Take Time to Time' que ao lado da canção-título 'Migraine Boy' (todas estas faixas se transformaram em vídeo-clipe) empurram o álbum para o 1 milhão e 10 mil cópias vendidas mostrando que embora não fosse nova, a fórmula dos Gardeners agradava ao público. Seguindo esse lastro 'Migraine Boy' liderou por 2 semanas as paradas européias e alcançou o Top 20 na Billboard.
Fora o material incluído neste disco, os Gardeners produziram um vasto número de canções que por uma razão ou outra acabaram não sendo aproveitadas, algumas foram lançadas em compactos e outras até hoje são inéditas mostrando a produtividade desta fase dos The Gardeners.


Este site é melhor visualizado em vídeo de 800x600. Desenvolvido por Japona Produções & Eventos
Copyright: Yellow Cover Music © 2005. All rights reserved.